quarta-feira, 20 de abril de 2011

Eu que nem te conheço

FOTO: Angela Cirqueira


Por vezes, a gente erra o caminho.
Quando isso acontece começa um dilema: Pego um outro caminho? Volto e recomeço pra ver se acerto dessa vez? Ou pegou um atalho para onde eu estou indo?
Seja qual for a decisão, estamos na certeza que a fazemos para acertar e nunca para errar.

Não foi a minha intenção errar... Não foi a minha inteção machucar... Não foi minha intenção te convencer do contrário... Mas engraçado, não tem um ditado assim : "De boas intenções o inferno está cheio."?!
 
Nem sempre a verdade é aquela que se mostra. Aquela nuca foi a minha verdade...e acredito que muito menos a sua.
E tantas mentiras pra quê?
Fizemos exclusivamente porque amávamos???? Mas quem????? E porque não podemos amar  a nós mesmo com tamanha intensidade?!

A escolha foi minha, mas sua também... NÃO ME ABSTENHO DE CULPA, mas e a sua, onde fica?

Todos têm o direito de se zangar, mas não temos o direito de magoar. E nós nos magoamos deliberadamente.
Queria muito que você podesse saber a verdade, mas já não é mais tempo.

Eu te juguei sem força de argumentos, sem conhecimento...
Você se mostrou e eu me despi completamente, mas depois tive que correr e me cobrir, pois tudo o que falaram sobre você mostrou-se veradeiro.
Sua confiança foi testada e você foi REPROVADA, e eu tive que engolir um: "EU TE AVISEI."

Queeee decepção... Melhores amigas? Não! Apenas acreditei que você era muito melhor do que me disseram.

Acredito que as pessoas mudam, de verdade. Eu mudo sempre, graças a Deus.
Por isso lhe digo que nada sobrou, nem raiva, nem rancor, nem nenhum tipo de inimizade...
O que a gente acha que vale a pena, não vale.

TUDO PASSA.

Fique em paz e que Papai Te abençoe sempre mais...


Obs.: Eu espero que após ler você não me decepcione mais uma vez...

Um comentário: